Posts Tagged ‘sarau’

Clube do Choro Recebe: fechado para balanço

26 novembro 2009

Projeto não terá edições nos dois próximos sábados (28 de novembro e 5 de dezembro).
 
A ginga das velha e jovem guardas do choro maranhense têm garantido o balanço ideal ao projeto Clube do Choro Recebe, que sábado após sábado integra o calendário musicultural da cena ludovicense desde setembro de 2007. Um grandioso feito, sem dúvidas, para quem conhece a efemeridade do modismo dos “points” de São Luís. “Não se pode negar que o Clube do Choro Recebe é um projeto vitorioso. Eu poderia citar inúmeros aspectos, do pura e simplesmente cultural, o que não é pouco, ao econômico, mas vou ficar apenas em sua longevidade, algo raro para os padrões estabelecidos por aqui”, afirma Ricarte Almeida Santos, seu produtor e apresentador.

Atualmente sediado na Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria (Rua do Giz, 129, Praia Grande), o projeto não terá edições nos dois próximos sábados (28 de novembro e 5 de dezembro). “A mudança de endereço causou reações as mais diversas: uns adoraram o novo espaço, outros reclamam. Somos cientes de que é impossível agradar a todos e avaliações periódicas de projetos como o Clube do Choro Recebe são necessárias, até para garantir sua sustentabilidade e muito mais sábados à frente”, explicou o produtor do projeto, sediado, até o início de outubro passado, no Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).

A direção do Clube do Choro do Maranhão demonstra-se satisfeita com o público, que se mantém fiel, e com a receptividade e cumplicidade da casa, novo palco do projeto, que tem localização privilegiada, integrada ao acervo arquitetônico que garante à capital maranhense o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Em breve o Clube do Choro do Maranhão divulgará os nomes da formação instrumental anfitriã e do/a convidado/a do show de retorno do projeto, que acontecerá dia 12 de dezembro.

Clube do Choro Recebe muda de endereço

7 outubro 2009

Diversos grupos ludovicenses receberão o músico Fernando Machado, em edição que marca a mudança de endereço do projeto.

Um tributo especial ao mais brasileiro de todos os gêneros. Assim pode ser definido o 97º. sarau do Clube do Choro Recebe, que marca a mudança de endereço do projeto: os encontros semanais do Clube do Choro do Maranhão passarão a acontecer, a partir de sábado (10), na Pousada Portas da Amazônia/La Pizzeria, na Rua do Giz, Praia Grande.

Em caráter especial, marcando a estreia do Clube do Choro Recebe no cenário do casario e paralelepípedos do bairro do centro histórico da capital maranhense, o convidado será o clarinetista e saxofonista Fernando Machado, radicado na capital federal, onde é assíduo frequentador do Clube do Choro de Brasília.

O músico, que já deu canja especialíssima em sarau do Clube do Choro Recebe e volta agora como convidado, é professor da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello e membro fundador do Quarteto de Saxofones de Brasília, do Quarteto de Clarinetas Cana Seca e da Brasília Popular Orquestra, além de já ter tocado com diversos nomes importantes da música brasileira, a exemplo do homônimo segundo disco solo da cantora Luciana Oliveira (2008), ela, integrante da Natiruts, e Clodo Ferreira interpreta Sinhô (2005), homenagem do piauiense radicado em Brasília ao autor de Jura, Maldito costume e Gosto que me enrosco, entre outros clássicos da música brasileira.

Fernando Machado será acompanhado por diversas formações instrumentais da cena choro ludovicense, numa inversão à lógica estabelecida pelo projeto: o convidado será o anfitrião dos grupos, que se apresentarão como se dessem longas canjas. “Trata-se de um músico monumental e essa troca de experiência entre ele e os instrumentistas maranhenses será boa para ambos os lados, temos certeza. O desfile de nossos grupos é também uma forma de mostrarmos que o Clube do Choro do Maranhão, a cena choro do estado, através desse projeto vitorioso, está cada vez mais fortalecida”, celebra Ricarte Almeida Santos, coordenador e apresentador do projeto, produtor e apresentador do Chorinhos e Chorões (Rádio Universidade FM, 106,9MHz, aos domingos, às 9h), único programa de rádio dedicado ao gênero em São Luís.

Entre os grupos confirmados estão o Instrumental Pixinguinha, Regional Tira-Teima, Choro Pungado, Os Cinco Companheiros e Urubu Malandro. Antes das apresentações, a noite será aberta com a exibição de um documentário sobre Canhoto da Paraíba, importante personagem da música brasileira e, particularmente do choro, registrado em disco por Marcus Pereira, como outros gênios nacionais.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Autêntico Chopp de Vinho e Rádio Universidade FM e parceria de JL Music Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 97ª. edição.
Quem: diversos grupos instrumentais recebem o clarinetista e saxofonista Fernando Machado, radicado em Brasília. Antes, haverá exibição de documentário sobre Canhoto da Paraíba.
Quando: dia 10 de outubro (sábado), às 19h30min.
Onde: Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria (Rua do Giz, Praia Grande).
Quanto: entrada franca, em caráter excepcional. R$ 10,00, a partir do próximo sábado.
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com, ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís, Autêntico Chopp de Vinho e Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Music Studios e Solar Consultoria.

Um a Zeca

11 agosto 2009

Um a Zero e Zeca do Cavaco são os convidados da 90ª. edição do Clube do Choro Recebe.

Noventa. Este é o longevo número de edições a que chega o projeto Clube do Choro Recebe neste sábado (15). Os saraus acontecem aos sábados, às 19h30min, no Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama) e trazem sempre dois shows por noite: um grupo de música instrumental e um convidado – cantor, cantora, instrumentista ou, mais raramente, outro grupo de música instrumental –, além das canjas, onde acontecem os mais variados, inusitados e improvisados encontros musicais.

Neste terceiro sábado de agosto o Regional Um a Zero recebe o cantor Zeca do Cavaco, dono de bela voz e fino repertório. O flautista João Neto, por motivo de força maior não poderá participar do sarau e será substituído por Elton (do grupo Chorando Calado). Completam o Um a Zero Henrique Jr. (violão), Leozinho (pandeiro) e Roquinho (bandolim, banjo e cavaquinho), da formação original.

Zeca do Cavaco retorna ao palco do Clube do Choro Recebe acompanhado do Regional Um a Zero. Foto: Acervo Clube do Choro do Maranhão

Zeca do Cavaco retorna ao palco do Clube do Choro Recebe acompanhado do Regional Um a Zero. Foto: Acervo Clube do Choro do Maranhão

Em alguns momentos da apresentação, Zeca também se integrará ao Um a Zero empunhando seu cavaquinho, além de cantar – no repertório, Paulinho da Viola, Lupicínio Rodrigues e, entre outros, Noel Rosa e Cesar Teixeira. A estes dois últimos, Zeca do Cavaco já prestou tributo no Clube do Choro Recebe.

“Nunca imaginávamos chegar tão longe”, afirma o produtor e apresentador Ricarte Almeida Santos, sobre o projeto, que em setembro próximo completará dois anos e, em outubro, cem edições. “Estamos pensando em uma programação especial para festejar estes acontecimentos”, conclui.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Autêntico Chopp de Vinho e Rádio Universidade FM e parceria de JL Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 90ª. edição.
Quem: o Regional Um a Zero recebe o cantor Zeca do Cavaco.
Quando: dia 15 de agosto (sábado), às 19h30min.
Onde: Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).
Quanto: R$ 8,00 (entrada).
Maiores informações: pelo telefone [98] 3252-1219 e/ou e-mails ricochoro@hotmail.com, chicocanhoto@ymail.com e/ou clubedochorodomaranhao@gmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís, Autêntico Chopp de Vinho e Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Studios e Solar Consultoria.

Thony Neto e Os Cinco Companheiros no Clube do Choro

9 junho 2009

O crooner da Mákina du Tempo será recebido pelo grupo de Osmar do Trombone em encontro dançante, na edição de sábado do sarau do Clube do Choro do Maranhão.

O clima das velhas, boas e grandes orquestras e gafieiras será revivido na edição de número 83 do projeto Clube do Choro Recebe. É que neste sábado (13), no palco do Restaurante Chico Canhoto, se encontram o grupo Os Cinco Companheiros, um dos mais festivos, descontraídos e vibrantes da cena choro em São Luís, e o cantor Thony Neto, mais conhecido por sua atuação à frente da banda Mákina du Tempo.

O crooner Thony Neto será o homem à frente d'Os Cinco Companheiros. Foto: divulgação

O crooner Thony Neto será o homem à frente d'Os Cinco Companheiros. Foto: divulgação

Mas engana-se quem pensa que o moço se resume ao papel de crooner do grupo, sucesso absoluto nos salões de baile de São Luís que ainda resistem: com absoluto sucesso e uma tiragem acima da média (3.000 exemplares, já esgotados), Thony Neto lançou, em 2003, o disco De primeira grandeza (título homônimo a uma música do compositor cearense Belchior), onde canta grandes clássicos da música popular brasileira.

Osmar do Trombone, Osmarzinho (clarinete e saxofone), João Soeiro (violão), Rafael Guterres (cavaquinho) e Wanderson (percussão) são Os Cinco Companheiros, grupo que, com sua pegada dançante, transforma os saraus do Clube do Choro do Maranhão em um divertido e animado salão de dança.

A animação da gafieira, arranjos orquestrais e o romantismo de repertório nacional e internacional são presença garantida no repertório do encontro de Thony Neto com Os Cinco Companheiros.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM e parceria de JL Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 83ª. edição.
Quem: o grupo Os Cinco Companheiros recebe o cantor Thony Neto.
Quando: dia 13 de junho (sábado), às 19h30min.
Onde: Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).
Quanto: R$ 6,00 (entrada).
Maiores informações: pelo telefone [98] 3252-1219 e/ou e-mails ricochoro@hotmail.com, chicocanhoto@ymail.com e/ou clubedochorodomaranhao@gmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Studios e Solar Consultoria.

Encontro revive repertório boêmio

19 maio 2009

Regional Tira-Teima recebe seu integrante Zé Carlos (percussão) e Léo Spirro em noite para relembrar boemia seresteira.

O mais antigo grupamento de choro de São Luís em atividade, o Regional Tira-Teima, recebe como convidados os cantores Léo Spirro e Zé Carlos, este último também seu integrante, na percussão. O sarau de número 81 do projeto Clube do Choro Recebe, que acontece este sábado (23), promoverá um encontro musical que relembrará a antiga boemia praticada na Ilha, quando os convidados outrora integraram o Tonga Trio.

O Regional Tira-Teima é formado, além do percussionista Zé Carlos, por Paulo Trabulsi (cavaquinho solo), Zeca do Cavaco (cavaquinho centro), Serra de Almeida (flauta) e Francisco Solano (violão sete cordas).

Zé Carlos e Léo Spirro (D) reviverão repertório boêmio. Foto: Pedro Araújo

Zé Carlos e Léo Spirro (D) reviverão repertório boêmio. Foto: Pedro Araújo

Os duos de Spirro e Zé Carlos certamente irão evocar nomes dos naipes de Francisco Alves, Orlando Silva, Nelson Gonçalves, Pixinguinha, Silvio Caldas, Orestes Barbosa e Lupicínio Rodrigues, entre outros. Ambos os convidados são sucesso garantido entre o público que costuma frequentar o Bar e Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama), principal palco do choro no Maranhão: Spirro, com seu jeito elegante e canto refinado, Zé Carlos, com sua discrição e voz privilegiada, seja enquanto convidados ou “canjeiros”, os aplausos são garantidos. O primeiro celebrou seus 70 anos de idade cantando no palco do Clube do Choro Recebe.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM e parceria de JL Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 81ª. edição.
Quem: o Regional Tira-Teima recebe os cantores Léo Spirro e Zé Carlos.
Quando: dia 23 de maio (sábado), às 19h30min.
Onde: Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).
Quanto: R$ 6,00 (entrada).
Maiores informações: pelo telefone [98] 3252-1219 e/ou e-mails ricochoro@hotmail.com, chicocanhoto@ymail.com e clubedochorodomaranhao@gmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Studios e Solar Consultoria.

Sarau solidário marca lançamento de campanha

11 maio 2009

Parceria da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e Clube do Choro do Maranhão marcou lançamento de campanha estadual de solidariedade em favor das vítimas das enchentes no Estado.

POR ZEMA RIBEIRO*

Os 250 lugares do Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama) foram poucos para comportar tanto público, sábado passado (9), quando três bons motivos levaram o povo ao tradicional sarau do Clube do Choro do Maranhão, mais conhecido como Clube do Choro Recebe: a homenagem a Mestre Antonio Vieira, que completaria 89 anos na data, o lançamento da campanha de solidariedade em prol das vítimas das enchentes no Maranhão, parceria do Clube do Choro com a Cáritas Brasileira Regional Maranhão, e a trégua de São Pedro, que havia adiado o lançamento da campanha, que deveria ter acontecido no sábado anterior.

Fazia um tempão que São Luís não via um dia – e noite – inteiro de sol, a capital maranhense se tornado uma espécie de Londres, onde, reza a lenda, é feriado quando não chove. Ou, mais modestamente, a capital paraense, onde as pessoas marcam encontro “depois da chuva que cai/ todo dia em Belém”.

Talvez, o sol de praia que marcou o sábado, já fosse resultado de papo que Seu Vieira, velho moleque, mandou pra cima de São Pedro. O guardião das chaves do céu segurou as torneiras e emendou: “não tem mosquito!”.

Desde as dez da manhã um grupo de amigos também celebrava Seu Vieira, na Praça da Faustina (Praia Grande), que deve olhar o movimento, agora, sentada nos portões celestiais, num tamborete ao lado do santo das chuvas. A arrumação durou o dia todo, propositalmente pensada para não concorrer com o Clube do Choro Recebe, onde muitos pagaram para ficar em pé e outros tantos retornaram, pois já não havia mesas e cadeiras.

Mesmo desfalcado, o Urubu Malandro honrou o epíteto de "o grupo de Seu Vieira". Foto: Ivo Segura

Mesmo desfalcado, o Urubu Malandro honrou o epíteto de "o grupo de Seu Vieira". Foto: Ivo Segura

No palco, o Urubu Malandro, pela primeira vez em público sem Vieira, desfilando seu repertório de choros alegres, vibrantes, pra cima, como bem queremos lembrar do homenageado. Arlindo Carvalho (percussão), Domingos Santos (violão sete cordas), João Neto (flauta) e Juca do Cavaco – o grupo estava desfalcado de Caio Carvalho (percussão) e Osmar do Trombone – eram os anfitriões de Lena Machado, Célia Maria, Carlinhos Veloz, Marcelo Bianchinni, Léo Spirro e Zé Carlos (os dois à capela), Léo Capiba, Alexandra Nicolas, Chico Saldanha, Luiz Mochel, além de Victor Castro, português radicado no Maranhão em performance instrumental na guitarra portuguesa, e Miranda Neto, o novo trompetista do Bom Tom de Celson, com quem duetou em tema jazzístico de Vieira: mais conhecido como compositor de sambas, eis mais uma para a sua coleção de causos. Escreveu um jazz e batizou-o Também faço.

Encontro histórico: Chico Saldanha, Lena Machado, Luiz Mochel e Célia Maria reverenciam Vieira em gesto solidário. Foto: Ivo Segura

Encontro histórico: Chico Saldanha, Lena Machado, Luiz Mochel e Célia Maria reverenciam Vieira em gesto solidário. Foto: Ivo Segura

Mais de 150 quilos de alimentos e mais de 80 peças de roupa foram arrecadados. Muita gente preferiu pagar os R$ 6,00 de entrada. Outros, após a cheia do bar, pagaram R$ 5,00 para ver o desfile de craques de nossa música, reverenciando o técnico Vieira, que Cartola no samba e choro, ao contrário de no futebol, tem outro significado, com o perdão do jargão lulês – quiçá óbvio ululante. Saldo: R$ 605,00 arrecadados.

“Esse valor será depositado na conta Cáritas Brasileira Solidariedade, aberta especificamente para esse fim, o que garantirá agilidade no repasse dos recursos aos atingidos pelas enchentes e transparência na prestação de contas com a sociedade. A propósito, quem quiser e puder doar, os dados são: Banco do Brasil (001), Agência 2972-6, Conta corrente 32.655-0”, informou Ricarte Almeida Santos (leia mais sobre as enchentes no blogue dele, clicando no link em seu nome), secretário executivo da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e produtor e apresentador do Clube do Choro Recebe.

*ZEMA RIBEIRO é assessor de comunicação da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e assessor de imprensa do Clube do Choro do Maranhão. Escreve no blogue http://zemaribeiro.blogspot.com

Cáritas e Clube do Choro: um show de solidariedade

28 abril 2009

Clube do Choro do Maranhão e Cáritas Brasileira Regional Maranhão realizam sarau cuja renda será revertida em favor dos desabrigados pelas enchentes no Estado.

 

Em parceria com a Cáritas, o Clube do Choro promove sarau solidário. Arte: Zema Ribeiro

Em parceria com a Cáritas, o Clube do Choro promove sarau solidário. Arte: Zema Ribeiro

 

Se as palavras harmonia, melodia, virtuosismo, acordes, cadência e ritmo lembram música e o Clube do Choro Recebe lembra música de qualidade, some-se a estes predicados solidariedade.

 

Parceria do Clube do Choro do Maranhão com a Cáritas Brasileira Regional Maranhão, a 79ª. edição do projeto terá mais esta boa causa como motivo para uma animada roda de choro.

 

O convidado para o sarau de sábado é o cantor e compositor Zé Lopes, natural de Bacabal, uma das cidades maranhenses mais castigadas pelas enchentes. Na ocasião, o artista terá como anfitriões os garotos do Regional Um a Zero: Henrique Jr. (violão), João Neto (flauta), Leozinho (pandeiro) e Roquinho (bandolim e cavaquinho).

 

Outra novidade para esta edição do Clube do Choro Recebe é o valor do ingresso: interessados em assistir essa apresentação podem trocar, antecipadamente ou na hora, dois quilos de alimentos não-perecíveis ou roupas por um ingresso. Quem preferir, também tem a opção de pagar os R$ 6,00 cobrados na entrada, valor que será integralmente revertido em favor das vítimas das enchentes.

 

ENCHENTES – No Maranhão, desde o início das chuvas, são mais de 20 municípios atingidos, com, até aqui, saldo de aproximadamente 60 mil desabrigados, com mais de seis mil pessoas alojadas em abrigos e outras mais de seis mil dividindo o teto com parentes e amigos, um cenário bastante desolador.

 

Para Ricarte Almeida Santos, secretário executivo da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e coordenador e apresentador do Clube do Choro Recebe, “não podemos nos furtar de ajudar o próximo, lição cristã que precisamos sempre por em prática. Se as enchentes nos deixam tristes, com a situação dos desabrigados, elas não devem ser desculpa para a inércia. Devemos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para minimizar o sofrimento dessas pessoas”.

 

CAMPANHA – A parceria Cáritas/Clube do Choro marca o início de uma campanha em favor dos atingidos pelas enchentes no Maranhão. “Interessados em adquirir os ingressos antecipadamente já podem procurar o Restaurante Chico Canhoto ou a Cáritas Brasileira Regional Maranhão e trocar suas doações por ingressos. Doações maiores que os valores dos ingressos também serão muito bem vindas. Ser solidário é ser humano, a Cáritas e os vitimados só têm a agradecer”, convidou Lena Machado, entre os ofícios de membro da Coordenação Colegiada da Cáritas Brasileira Regional Maranhão e cantora, certamente uma das canjas confirmadas para o sarau de sábado. Indagada sobre outras iniciativas em favor das vítimas da enchente, ela afirma: “Solidariedade nunca é demais. Não tem medida”.

 

O Restaurante Chico Canhoto fica no Residencial São Domingos (Cohama). A sede da Cáritas Brasileira Regional Maranhão, na Rua do Alecrim, 343, Centro (próximo ao Palácio dos Esportes). O segundo endereço será ponto permanente de arrecadação de donativos para os desabrigados.

 

O Projeto Clube do Choro Recebe tem Apoio Cultural de TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM e JL Studios e parceria da Solar Consultoria. A entrada custa apenas R$ 6,00.

 

SERVIÇO

 

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 79ª. edição.

Quem: o Regional Um a Zero recebe o cantor e compositor Zé Lopes.

Quando: dia 2 de maio (sábado), às 19h30min.

Onde: Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).

Quanto: os ingressos serão trocados por dois quilos de alimentos não-perecíveis e/ou roupas para os desabrigados pelas enchentes. Quem preferir, também pode pagar os R$ 6,00 de entrada, valor que será integralmente revertido em favor das vítimas das enchentes.

Maiores informações: pelo telefone [98] 3252-1219 e/ou e-mails ricochoro@hotmail.com e clubedochorodomaranhao@gmail.com

Apoio Cultural: TVN São Luís, Energético Hiro, Clinimagem, Honda Gran Line, Rádio Universidade FM e JL Studios.

Parceria: Solar Consultoria.