Posts Tagged ‘rio de janeiro’

Célia Maria e Grand Trio: talento de sobra

14 abril 2010

Cantora maranhense, de volta ao estado natal, será recebida pelo Grand Trio, mais nova formação instrumental do cenário maranhense.

Célia Maria de volta ao palco do Clube do Choro Recebe

Maranhense de reconhecido talento, embora infelizmente ainda pouco conhecida do grande público em sua terra natal, Célia Maria (foto) é a convidada da 113ª. edição do Clube do Choro Recebe, que acontece neste sábado, 17, a partir das 19h30min, na Associação do Pessoal da Caixa (APCEF). Ela será acompanhada pelo Grand Trio, nova formação instrumental surgida na capital maranhense.

Com apenas um disco gravado, em Célia Maria sobra talento. Vencedora de diversos concursos – recentemente o Talentos da Maturidade, promovido por um banco brasileiro, e, à época de Célia Maria, o disco homônimo, de 2001, o Prêmio Universidade FM – a diva negra tem encantado plateias por onde passa: já morou várias vezes no Rio de Janeiro – de onde retornou recentemente, para novamente fixar residência em São Luís – onde conheceu Cartola, Zé Kéti e outros astros do samba brasileiro, notadamente os que frequentavam o bar e restaurante Zicartola, outrora espécie de templo sagrado do gênero.

Seu disco, aliás, não se prende ao samba. Nele estão registradas obras dos maranhenses Antonio Vieira (Ingredientes do samba), Cesar Teixeira (Lápis de cor), Joãozinho Ribeiro (Milhões de uns), Bibi Silva (Lágrimas) e João do Vale (Na asa do vento), entre outros. Esgotado, o disco nunca teve um show de lançamento oficial.

Nova formação – Egressos do Choro Pungado formam o Grand Trio: Luiz Jr. (violão sete cordas), Luiz Cláudio (percussão) e Robertinho Chinês (bandolim e cavaquinho), músicos de reconhecido talento e merecido destaque na cena instrumental maranhense contemporânea.

Robertinho Chinês regressou recentemente de Brasília/DF, cidade que tem um dos mais ativos clubes do choro do país, que esteve visitando e aprimorando sua técnica sobre os instrumentos que tão bem já toca, tão jovem.

Luiz Cláudio e Luiz Jr., sempre às voltas com experimentações sonoras, têm como investida anterior ao Grand Trio, o Duo Sound, em que seus violões e percussões se encontravam para tocar os sons do mundo, passando necessariamente pelos tão brasileiros samba e choro.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Rádio Universidade FM e Associação do Pessoal da Caixa (APCEF) e parceria da Solar Consultoria e JL Music Studios.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 113ª. edição – sétima em 2010.
Quem: o grupo Grand Trio recebe a cantora Célia Maria.
Quando: dia 17 de abril (sábado), às 19h30min.
Onde: Associação do Pessoal da Caixa (APCEF), Rua José Luiz Nova da Costa, Calhau (esquina com Rua dos Carcarás, em frente ao Barramar).
Quanto: R$ 10,00 (entrada).
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural:
TVN São Luís, Rádio Universidade FM e Associação do Pessoal da Caixa (APCEF).
Parceria: Solar Consultoria e JL Music Studios.

Samba de Feira no sábado de aleluia

29 março 2010

Lena Machado reapresenta show, com novidades, no Clube do Choro Recebe. Em pleno sábado de aleluia, a cantora terá como anfitrião o Regional Os Pregoeiros.

Foto: Rivânio Almeida Santos

Fruto de um bem sucedido encontro, o show Canto de Feira será reapresentado na 111ª. edição do projeto Clube do Choro Recebe – a quinta este ano –, que acontece em pleno sábado (3/4) de aleluia. A apresentação reunirá no palco a cantora Lena Machado e o Regional Os Pregoeiros, formado por Arlindo Carvalho (percussão), Caio Carvalho (percussão), João Eudes (violão sete cordas), Osmarzinho (saxofone) e Rafael Guterres (cavaquinho).

O show encerrou a temporada musical em São Luís em 2009: foi apresentado dia 30 de dezembro no Restaurante Cantinho da Estrela, na Praia Grande. Este ano já foi apresentado em celebração ao Dia Internacional da Mulher, em evento fechado promovido pelo Sindicato dos Bancários do Maranhão.

“Pensamos este show, que inclusive tem esse nome por isso, para integrar a programação da Feira de Economia Solidária, em dezembro passado. A programação cultural da Feira foi bastante prejudicada por conta de apagões que castigaram o Centro Histórico naquele período. Para não perdermos a energia, os ensaios que já havíamos realizado, apresentamos e, graças a Deus, foi um sucesso”, conta Lena Machado, avisando que apesar do nome, o show não é mero replay de suas apresentações anteriores.

“A gente sempre mexe no repertório. Tem coisas do disco novo, coisas que gosto de cantar, eu tou sempre ouvindo e pescando coisas pro repertório. Há várias ideias para shows temáticos, experiências para o repertório do terceiro disco”, continua e adianta a cantora que recentemente lançou Samba de Minha Aldeia, disco em cujo repertório interpreta, além do samba denunciado pelo título, choro, baião, blues, salsa, eletrônica e pitadas dos ritmos da cultura popular do Maranhão.

Samba de Minha Aldeia. Capa. Reprodução

Em Samba de Minha Aldeia Lena Machado interpreta, entre inéditas e conhecidas, músicas de Josias Sobrinho, Chico Nô, Ricarte Almeida Santos, Chico Canhoto, Gildomar Marinho, Bruno Batista, Aquiles Andrade, Cesar Teixeira, Joãozinho Ribeiro e Patativa.

“Lena Machado é uma das grandes descobertas, um dos grandes acontecimentos, da música produzida no Maranhão nestes últimos anos. Recentemente tivemos a grata surpresa de saber que músicas de seu disco tocaram em rádios em Brasília, Rio de Janeiro e outras cidades de destaque no cenário artístico-cultural. Isso é o começo. Sabemos que ela vai longe”, vaticina Ricarte Almeida Santos, produtor e apresentador do Clube do Choro Recebe e, no rádio, do programa Chorinhos e Chorões, especializado no mais brasileiro dos gêneros musicais, que vez por outra inclui Lena Machado em seu repertório dominical. Em parceria com Chico Nô, ele é autor de Chorinho de Herança, uma das músicas mais executadas no Myspace da cantora.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís, Rádio Universidade FM e Associação do Pessoal da Caixa (APCEF) e parceria da Solar Consultoria e JL Music Studios.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 111ª. edição – quinta em 2010.
Quem: o Regional Os Pregoeiros recebe a cantora Lena Machado.
Quando: dia 3 de abril (sábado), às 19h30min.
Onde: Associação do Pessoal da Caixa (APCEF), Rua José Luiz Nova da Costa, Calhau (em frente ao Barramar).
Quanto: R$ 10,00 (entrada).
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural:
TVN São Luís, Rádio Universidade FM e Associação do Pessoal da Caixa (APCEF).
Parceria: Solar Consultoria e JL Music Studios.

Lena Machado no Roda de Choro

26 março 2010

Programa realizado em Brasília tocará faixas de Samba de Minha Aldeia, recém-lançado segundo disco de Lena Machado.

A cantora maranhense Lena Machado terá faixas de seu recém-lançado segundo disco, Samba de Minha Aldeia, tocadas no programa Roda de Choro, produzido e apresentado por Ruy Godinho.

O programa vai ao ar na Rádio Câmara, de Brasília/DF, sábado, 12h, e é veiculado também em outras emissoras: Rádio Roquete Pinto (Rio de Janeiro/RJ, sábado, 8h), Rádio Universidade FM (Londrina/PR, quinta-feira, 22h) e Rádio Utopia FM (Planaltina/DF, quarta-feira, 18h). Todos os programas podem ser ouvidos pela internet, nos links indicados, no horário de sua veiculação.

Samba de Minha Aldeia. Capa. Reprodução

Esta edição do Roda de Choro trará, além de Lena Machado, histórias, curiosidades e, principalmente, músicas de Luiz Americano, Izaías Bueno de Almeida, Zé Barbeiro e Chico Chagas. A maranhense estará bem acompanhada.

Maiores informações sobre o Roda de Choro podem ser acessadas no site do programa.

Redação: Zema Ribeiro

A volta do Clube do Choro Recebe

1 março 2010

Com o projeto, Clube do Choro do Maranhão retorna à Associação do Pessoal da Caixa, seu primeiro palco.

“A pausa nas atividades foi mais longa que o esperado. Mas agora estamos voltando, em grande estilo, ao palco onde tudo começou”. Assim o radialista e produtor cultural Ricarte Almeida Santos anuncia o retorno do projeto Clube do Choro Recebe, cuja última edição foi realizada em dezembro passado, com a presença de Ignez Perdigão, instrumentista maranhense há tempos radicada no Rio de Janeiro.

Na ocasião, a integrante do grupo Choro na Feira foi recebida pelos bambas do Regional Tira-Teima, mais antigo grupamento de choro maranhense em atividade, que reinaugura, por assim dizer, o Clube do Choro Recebe, agora em novo endereço: a Associação do Pessoal da Caixa (APCEF), no Calhau.

Francisco Solano (violão sete cordas), Paulo Trabulsi (cavaquinho), Serra de Almeida (flauta) e Zé Carlos (percussão), entre inúmeros outros clássicos do choro brasileiro, certamente executarão O bom filho à casa torna, de Bonfiglio de Oliveira, em alusão ao retorno do Clube do Choro ao seu palco inaugural – a fundação do Clube remonta ao início da década e a APCEF sediava os saraus.

Carlinhos Veloz ladeado pelos bambas do Tira-Teima em edição anterior do Clube do Choro Recebe. Foto: Ivo Segura

O convidado da reabertura é Carlinhos Veloz, cujo entrosamento com os  músicos do Tira-Teima é notável, seja em apresentações anteriores no Clube do Choro Recebe, seja pela participação de Paulo Trabulsi (violão) em seu disco de estreia, Ilha bela (1990), na faixa Imperador Tocantins (Carlinhos Veloz).

Carlinhos Veloz “formou”-se musicalmente às margens do homenageado rio Tocantins, em Imperatriz, onde conviveu com artistas como Erasmo Dibell, de quem gravou Viagem de novembro, até hoje um de seus maiores hits. “Há coisas que o público sempre pede e não podemos nos furtar de tocar. Mesmo no Clube do Choro a gente toca canções como Ilha bela, Viagem de novembro e outras. Mas a base do repertório de sábado é de sambas e choros escolhidos com carinho. A gente não conta mais para não estragar a surpresa”, conta e não conta Veloz.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís e Rádio Universidade FM e parceria da Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 107ª. edição – 1ª. em 2010.
Quem: o Regional Tira-Teima recebe o cantor e compositor Carlinhos Veloz.
Quando: dia 6 de março (sábado), às 19h30min.
Onde: Associação do Pessoal da Caixa (APCEF), Rua José Luiz Nova da Costa, Calhau (em frente ao Barramar).
Quanto: R$ 10,00 (entrada).
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís e Rádio Universidade FM.
Parceria: Solar Consultoria.

A volta de Chico Nô

20 janeiro 2010

Nivaldo da Estação será o convidado do Regional Feitiço da Ilha nesta sexta-feira, no projeto Chorinho no Cantinho.

O Chorinho no Cantinho, já tradicional encontro de bambas que acontece todas as sextas-feiras no Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio), marca, dia 22, o retorno de Chico Nô ao seu palco – o repertório de sambas e choros começa a ser executado às 20h.

O cantor e compositor maranhense aproveitou o período das festas de Natal e Ano Novo para passar uma temporada no Rio de Janeiro, de onde retorna com novidades na bagagem – algumas serão mostradas sexta-feira.

Regional Feitiço da Ilha: os bambas do Chorinho no Cantinho

Chico Nô (voz, violão e percussão) e o Regional Feitiço da Ilha (foto) – Domingos Santos (violão sete cordas), Juca do Cavaco e Vandico (percussão) – terão como convidado o cantor e cavaquinhista Nivaldo da Estação, que passeará por sambas-enredo e clássicos do carnaval, com destaque para os maranhenses.

O couvert artístico individual custa apenas R$ 5,00.

Sábado – O grupo Conversa de Botequim, a partir das 17h, continua realizado a mais animada roda de samba da Ilha, também no Restaurante Cantinho da Estrela.

Obras de nomes como Paulinho da Viola, Chico Buarque, Cesar Teixeira, Josias Sobrinho, Antonio Vieira e João Nogueira, entre outros, são os ingredientes do samba, que é acompanhado por uma feijoada com todos os ingredientes a que se tem direito.

A entrada custa apenas R$ 10,00.

Ignez Perdigão volta a palco maranhense

22 dezembro 2009

Multi-instrumentista maranhense radicada no Rio de Janeiro é a convidada especial da última edição do Clube do Choro Recebe em 2009.

Mais antigo grupo de choro em atividade no Maranhão, o Regional Tira-Teima é o grupo anfitrião do último sarau do Clube do Choro Recebe em 2009. Formado por Paulo Trabulsi (cavaquinho), Francisco Solano (violão sete cordas), Zé Carlos (pandeiro) e Serrinha de Almeida (flauta), eles recebem a multi-instrumentista e compositora Ignez Perdigão, maranhense radicada no Rio de Janeiro.

Multi-instrumentista, a maranhense Ignez Perdigão é a convidada especial do último Clube do Choro Recebe em 2009. Foto: Helena Dornelles. Link original: http://www.flickr.com/photos/helenadornellas/247724688

Ignez Perdigão toca flauta, cavaquinho, violão e canta. Em shows e gravações, já acompanhou nomes como Cristina Buarque, Mauro Duarte, Velha Guarda da Portela, Walter Alfaiate, Wilson Moreira e Mário Lago – ela o acompanhava quando de sua última visita à São Luís.

Aluna de H. J. Koellreuter, João Pedro Borges, Jodacil Damasceno e Marcelo Bernardes, integra, com o último, desde 2000, o grupo Choro na Feira, com quem já gravou os discos Na cadência do samba (2000), Choro na Feira (2003) e Maxixes, pitombas e afins (2005) – o primeiro e o último, esgotados, de acordo com o site do grupo; o quarto, em gestação, de acordo com a mesma página na internet (onde é possível adquirir os títulos e ouvir trechos das canções).

Professora, ministrou curso livre de violão e cavaquinho na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, em 2000. Foi uma das idealizadoras do Chorinho na Feira, sarau que acontece todos os sábados no horário da feira livre (fim de tarde, entrando pela noite) de Laranjeiras, bairro da zona sul da capital carioca, onde se reúne a nata dos executantes do mais brasileiro de todos os gêneros musicais. Lá também se originou o citado Choro na Feira: Ignez Perdigão (cavaquinho), Clarice Magalhães (percussão), Matias Correa (contrabaixo acústico), Marcelo Bernardes (clarinete e sax tenor), Bilinho Teixeira (violões de seis e sete cordas) e Franklin da Flauta.

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís e Rádio Universidade FM e parceria da Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 106ª. edição.
Quem: o Regional Tira-Teima recebe a instrumentista Ignez Perdigão.
Quando: dia 26 de dezembro (sábado), às 19h30min.
Onde: Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).
Quanto: R$ 10,00 (entrada).
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís e Rádio Universidade FM.
Parceria: Solar Consultoria.

Redação: Zema Ribeiro. Com informações dos sites Choro na Feira, Dicionário Cravo Albin de Música Brasileira e Discos do Brasil.