Posts Tagged ‘projeto musical’

Chorinho no Cantinho reestreia na Praia Grande

3 março 2010

Restaurante Cantinho da Estrela retoma projeto musical após recesso carnavalesco.

Após uma pausa no período carnavalesco, prolongada por todo o mês de fevereiro, o projeto Chorinho no Cantinho retorna ao palco do Restaurante Cantinho da Estrela, na Rua do Giz, 175, Praia Grande (em frente à Praça Valdelino Cécio). Acontecerá, como antes, às sextas-feiras, porém, agora, mais cedo: às 19h.

Bambas do Feitiço da Ilha voltam ao palco do Cantinho da Estrela

O Regional Feitiço da Ilha volta a mostrar o melhor do choro e do samba brasileiros, em versões instrumentais e cantadas: Vandico (percussão), Chico Nô (voz, violão, percussão), Juca do Cavaco e Domingos Santos (violão sete cordas), na ordem em que aparecem na foto, animarão as noites de sexta, no já tradicional encontro de bambas que sempre acontece no Chorinho no Cantinho.

“A gente ‘tava com saudade desse palco. Vamos continuar fazendo samba e choro, aumentando a interação que já há entre o grupo e o público que sempre tem comparecido”, comenta Chico Nô, que levou o segundo lugar do Festival Maranhense de Música Carnavalesca, promovido pelo Sistema Mirante, com a marchinha Tô engarrafado, parceria com Neto Peperi (ex-Espinha de Bacalhau).

Proprietária do Cantinho da Estrela, a sorridente Dadá confessa: “O público já estava cobrando a ausência do projeto, que a gente retoma com muita alegria, cerveja gelada e o cardápio variado que sempre temos oferecido. Tudo isso regado pelo ótimo repertório do Feitiço da Ilha”.

SERVIÇO

O quê: Chorinho no Cantinho.
Quem: Regional Feitiço da Ilha: Chico Nô (voz, violão e percussão), Juca do Cavaco, Domingos Santos (violão sete cordas) e Vandico (percussão).
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quando: sexta-feira, 5 de março, às 19h.
Quanto: R$ 7,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: [98] 8724-2940, 8814-1407.

Sessões para o nada estreia hoje

23 outubro 2009

Sessões para o nada é um projeto musical que tem como princípio de existência a divulgação de bandas maranhenses que produzem som original. Surgiu da necessidade de escoamento das produções autorais de bandas que participam do cenário musical de São Luis. Apesar de todas as dificuldades referentes à produção do evento (equipamento de som, principalmente), o projeto tem a pretensão de ser realizado duas vezes nos meses – com um espaço de 15 dias entre um evento e o outro – que restam no ano de 2009 e ao longo de todo o ano de 2010.

As apresentações têm horários fixos para começar e terminar – das 19h às 21h30min -, sendo reservado a cada banda 40min, e tendo apresentação de quatro bandas em cada edição.

As primeiras edições estão confirmadas para acontecer no Anfiteatro Beto Bittencourt, do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Praia Grande, nos dias 23 de outubro e 6 de novembro do corrente ano. Pelo fato de ser um lugar aberto, a entrada será franca.

A princípio a realização do projeto depende da ajuda das bandas que queiram participar. A ajuda refere-se principalmente ao equipamento de som, não se trata de dinheiro, mas de equipamentos exclusivamente. Por exemplo: se uma banda tiver, pode ajudar, levando um cubo de baixo ou guitarra ou cabos ou pratos etc., visto as dificuldades financeiras em realizar um evento a cada 15 dias todo o mês.

A organização deixa claro que o único requisito para as bandas que queiram participar do projeto musical Sessões para o nada é a apresentação, em todos os eventos, de um repertório onde, pelo menos, metade das músicas sejam composições próprias.

Projeto estreia hoje, daqui a pouco, corre!

Projeto estreia hoje, daqui a pouco, corre!