Posts Tagged ‘ivan lins’

Nonato Buzar: encontrando amigos

1 abril 2010

Compositor maranhense radicado no Rio de Janeiro faz três apresentações no Maranhão: duas em São Luís e uma em Itapecuru-Mirim, sua cidade natal. Reencontro com amigos, parceiros e as plateias maranhenses.

Foto: Google Images

Radicado no Rio de Janeiro, o compositor Nonato Buzar (foto) é um dos maranhenses mais gravados no Brasil. Suas obras constam dos repertórios de nomes como Alcione, Cauby Peixoto, Elis Regina, Elizeth Cardoso, Ivan Lins, Jair Rodrigues, João Nogueira, Luiz Gonzaga, Milton Nascimento, MPB-4, Nana Caymmi, Nelson Gonçalves, Os Cariocas, Roberto Ribeiro, Rosinha de Valença e Wilson Simonal, entre outros. Fora do país, suas músicas já foram cantadas por Jimmy Cliff e o grupo Santana.

Com toda essa bagagem, acumulada em mais de 50 anos de carreira – morou em Paris na década de 1970 e lá gravou Via Paris, com o conjunto País Tropical, um de seus discos mais conhecidos – Nonato Buzar reencontra o público maranhense em três shows, intitulados Encontro com Nonato.

Via Paris. Capa. Reprodução

As duas primeiras apresentações acontecem no Teatro Arthur Azevedo, dias 6 (terça) e 7 (quarta-feira), às 21h, com as participações especiais de Beto Pereira, Gerude, Josias Sobrinho, Nosly e Rogério du Maranhão. Os ingressos custam R$ 25,00 para qualquer dependência do teatro.

Dia 9 (sexta-feira) é a vez de Itapecuru-Mirim, cidade natal do artista, receber o show, que acontece no Itapecuru Social Clube, às 21h – ingressos: R$ 15,00. Lá, Nonato Buzar, que tem parcerias com todos os convidados, divide o palco com Nosly, o parceiro mais constante.

História – Nonato Buzar nasceu em Itapecuru-Mirim em 1932, tendo se mudado para o Rio de Janeiro em 1953, onde foi aprovado no vestibular para Engenharia. Desistiu do curso e dedicou-se à música.

Ainda nos anos 1950 iniciou sua carreira artística, apresentando-se em boates como Little Clube e Bottle’s, no famoso Beco das Garrafas. Em 1965 assinou a contracapa do disco 400 anos de samba, de Elizeth Cardoso – uma de suas intérpretes –, que comemorava os quatro séculos da “cidade maravilhosa”.

Em fins dos anos 1960 idealizou, produziu e integrou o conjunto A Turma da Pilantragem. Foi produtor musical nas gravadoras PolyGram e RCA Victor e realizou discos de nomes como A Turma da Pilantragem, Banda do Canecão, Festival Internacional da Canção, Jair Rodrigues, Jimmy Cliff e Wilson Simonal, para citar alguns.

Nonato Buzar é ainda um dos compositores com mais passagens por aberturas de novelas da Rede Globo. São dele os temas Irmãos Coragem (com Paulinho Tapajós), Assim na terra como no céu (com Roberto Menescal e Paulinho Tapajós), Verão vermelho, O homem que deve morrer (com Torquato Neto), todos aberturas de novelas homônimas. Esteve presente ainda em trilhas sonoras de O cafona, Minha doce namorada e Anjo mau.

Ainda na TV Globo, compôs trilhas para os programas Brasil Pandeiro, Saudade não tem idade e Chico City, este último protagonizado por parceiro seu: o humorista e compositor Chico Anísio.

Em seu disco de estréia (2003) Maria Rita gravou Menininha do Portão (Nonato Buzar/ Paulinho Tapajós). O disco teve a expressiva vendagem de 350 mil cópias dois meses após o lançamento.

SERVIÇO

O quê: Show Encontro com Nonato.
Quem: Nonato Buzar com participações especiais de Beto Pereira, Gerude, Josias Sobrinho, Nosly e Rogério du Maranhão (em São Luís) e Nosly (em Itapecuru-Mirim).
Quando: dias 6 (terça) e 7 (quarta-feira) no Teatro Arthur Azevedo (em São Luís) e dia 9 (sexta-feira) no Itapecuru Social Clube (em Itapecuru-Mirim).
Quanto: R$ 25,00 (para qualquer dependência do Teatro Arthur Azevedo) e R$ 15,00 (Itapecuru Social Clube). Meia para estudantes.
Maiores informações: (98) 8137-7452.

O clube do novo

13 outubro 2009

Novo endereço garante charme extra ao Clube do Choro Recebe. Sábado (17), o projeto apresenta a cantora Tássia Campos, pela primeira vez em seu palco.

O espaço é menor, garantindo mais aconchego. A arquitetura colonial de um dos prédios que formam o conjunto do patrimônio histórico da capital maranhense, garantindo-lhe o título de patrimônio cultural da humanidade, por seu centro histórico, dão, desde sábado passado, ao Clube do Choro Recebe, um charme extra.

Estamos falando da Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria, localizada na Rua do Giz, Praia Grande. “A casa já tinha fama de aconchegante, a pousada está entre as melhores da Ilha, e a pizzaria dispõe de um cardápio variadíssimo, de qualidade, cada pizza mais gostosa que a outra”, atestou Ricarte Almeida Santos, produtor e apresentador do Clube do Choro Recebe.

Na estreia do projeto em novo endereço [sábado passado, 10/10], o Regional Tira-Teima fez a base instrumental, servindo de grupo anfitrião. Como convidado, o clarinetista e saxofonista Fernando Machado, radicado em Brasília, professor da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabelo. Pelo palco passaram ainda os percussionistas Lazico, Arlindo Carvalho, a cantora Lena Machado, o cantor Zé Carlos (percussionista do Tira-Teima) e o compositor Joãozinho Ribeiro, ex-secretário de estado da cultura, atualmente coordenador executivo da II Conferência Nacional de Cultura, pelo Ministério da Cultura.

O pop no choro e vice-versa

Tássia Campos: o pop no choro e vice-versa

A cantora Tássia Campos (foto) é a convidada da 98ª. edição do Clube do Choro Recebe, a segunda do projeto no novo palco, quando será recebida pelos bambas do Regional Um a Zero. A apresentação acontece sábado (17), às 19h30min. Natural de São Luís, com 23 anos de idade e raras apresentações em diversos bares da Ilha desde os 16, ela é casada com o músico João Paulo (contrabaixista da banda Legenda) e está às voltas com a gravação de seu primeiro disco, de repertório completamente inédito – a previsão de lançamento é o início de 2010. Suas influências vão dos mestres tropicalistas a Sidney Magal, passando por Novos Baianos e novos nomes da cena brasileira, como Otto, Céu e Zeca Baleiro, entre muitos outros.

Ao lado da amiga Elen Mateus – que fará uma participação especial, sábado –, Tássia também está envolvida em um projeto bastante ousado: prestar, em São Luís, tributos a Itamar Assumpção (1949-2003) e Sérgio Sampaio (1947-1994), ditos malditos, dois dos mais geniais compositores que o Brasil já teve.

Para sábado, em sua primeira apresentação no Clube do Choro Recebe, Tássia Campos preparou um repertório de primeira – onde deixa claras suas influências: Tom Jobim, Moreno Veloso, Ismael Silva, Cartola, Ivan Lins e, entre outros, Itamar Assumpção.

O Regional Um a Zero, que a acompanhará, é formado por Henrique Jr. (violão), João Neto (flauta), Léo Caroço (pandeiro) e Roquinho (bandolim e cavaquinho).

O projeto Clube do Choro Recebe tem apoio cultural de TVN São Luís e Rádio Universidade FM e parceria de JL Music Studios e Solar Consultoria.

SERVIÇO

O quê: Projeto Clube do Choro Recebe – 98ª. edição.
Quem: o Regional Um a Zero recebe a cantora Tássia Campos.
Quando: dia 17 de outubro (sábado), às 19h30min.
Onde: Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria (Rua do Giz, Praia Grande).
Quanto: R$ 10,00 (entrada).
Maiores informações: clubedochorodomaranhao@gmail.com e/ou ricochoro@hotmail.com
Apoio Cultural: TVN São Luís e Rádio Universidade FM.
Parceria: JL Music Studios e Solar Consultoria.