Posts Tagged ‘feijoada’

Sambas nordestinos serão lembrados por Cacá do Banjo

27 janeiro 2010

Sambas de nomes como Jackson do Pandeiro e João do Vale compõem o repertório que será apresentado pelo músico, acompanhado do Regional Feitiço da Ilha.

O samba nordestino será base do repertório apresentado pelo Regional Feitiço da Ilha no já tradicional projeto Chorinho no Cantinho, que acontece às sextas-feiras, a partir das 20h, no Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).

Chico Nô (voz, violão, percussão), Domingos Santos (violão sete cordas), Juca do Cavaco e Vandico (percussão) terão como convidado Cacá do Banjo, que cantará músicas de Jackson do Pandeiro e João do Vale, entre outros.

Embora geralmente mais identificados com o xote, o baião e o coco, grande parte do repertório de Jackson do Pandeiro é composto por sambas e João do Vale também incursionou no gênero que projetou nomes como Cartola e Nelson Cavaquinho. “O rei do ritmo”, aliás, muito tem sido lembrado por cantores da nova geração da música brasileira, que têm gravado sambas seus ou imortalizados em sua voz em seus discos.

O Regional Feitiço da Ilha promete ainda muito choro e o clima carnavalesco das marchinhas, no clima do período que já invadiu São Luís.

O couvert artístico individual custa apenas R$ 5,00.

Sábado – No sábado é a vez do grupo Conversa de Botequim realizar a roda de samba mais animada da ilha, regada a feijoada e outros pratos da casa. O samba tem início às 17h. A entrada custa R$ 10,00.

A volta de Chico Nô

20 janeiro 2010

Nivaldo da Estação será o convidado do Regional Feitiço da Ilha nesta sexta-feira, no projeto Chorinho no Cantinho.

O Chorinho no Cantinho, já tradicional encontro de bambas que acontece todas as sextas-feiras no Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio), marca, dia 22, o retorno de Chico Nô ao seu palco – o repertório de sambas e choros começa a ser executado às 20h.

O cantor e compositor maranhense aproveitou o período das festas de Natal e Ano Novo para passar uma temporada no Rio de Janeiro, de onde retorna com novidades na bagagem – algumas serão mostradas sexta-feira.

Regional Feitiço da Ilha: os bambas do Chorinho no Cantinho

Chico Nô (voz, violão e percussão) e o Regional Feitiço da Ilha (foto) – Domingos Santos (violão sete cordas), Juca do Cavaco e Vandico (percussão) – terão como convidado o cantor e cavaquinhista Nivaldo da Estação, que passeará por sambas-enredo e clássicos do carnaval, com destaque para os maranhenses.

O couvert artístico individual custa apenas R$ 5,00.

Sábado – O grupo Conversa de Botequim, a partir das 17h, continua realizado a mais animada roda de samba da Ilha, também no Restaurante Cantinho da Estrela.

Obras de nomes como Paulinho da Viola, Chico Buarque, Cesar Teixeira, Josias Sobrinho, Antonio Vieira e João Nogueira, entre outros, são os ingredientes do samba, que é acompanhado por uma feijoada com todos os ingredientes a que se tem direito.

A entrada custa apenas R$ 10,00.

Samba com Mandinga no Chorinho no Cantinho

17 dezembro 2009

Antes de embarcar para o Rio, Chico Nô apresenta repertório de seu disco no Restaurante Cantinho da Estrela.

Nesta sexta-feira, 18, a partir das 19h30min, no Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio), a apresentação de Chico Nô, na noite batizada Chorinho no Cantinho, tem sabor de despedida.

Mas os apreciadores de choro, samba e música brasileira de qualidade em geral não precisam ficar tristes – a “despedida” é temporária: “Vou passar as festividades de fim de ano no Rio e fazer uma curtíssima temporada por lá”, explica o músico, casado com uma carioca.

O Regional Feitiço da Ilha, com Domingos Santos (violão sete cordas), Juca do Cavaco e Vandico (percussão) segurarão a peteca, recebendo alguns convidados nas próximas sextas-feiras – Chico Nô não informou ainda sua data de retorno.

No show de sexta, Chico Nô, entre clássicos da música brasileira, mostrará o repertório de seu primeiro disco, Samba com Mandinga, já mostrado em alguns palcos ludovicenses, a exemplo do projeto Clube do Choro Recebe e do Teatro Alcione Nazaré.

“Também estaremos vendendo e autografando o disco na ocasião, uma boa pedida a quem quiser presentear familiares e amigos com boa música produzida no Maranhão neste Natal”, provoca.

Festival – Chico Nô foi o vencedor do I Festival Universitário Som na Cuca, realizado na Universidade Federal do Maranhão, mês passado, com a música Berimbolado. “A gente faz música despretensiosamente e embora acredite em nosso trabalho é sempre uma agradável surpresa vencer um festival”, diz o músico, que teve o primeiro lugar concedido pelo júri técnico.

Sábados – Aos sábados, no mesmo endereço do Chorinho no Cantinho, Chico Nô comanda animada roda de samba acompanhado do grupo Conversa de Botequim. A animação começa às 17h. Para ambas as apresentações, o couvert artístico individual custa apenas R$ 5,00.

SERVIÇO

O quê: Chorinho no Cantinho.
Quem: Chico Nô e Regional Feitiço da Ilha.
Quando: dia 18 de dezembro (sexta-feira), às 19h30min.
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quanto: R$ 5,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: pelos telefones (98) 8814-1407 e/ou 8724-2940.

Chico Nô do choro e do samba

17 novembro 2009

Músico comanda homenagem a grandes mestres da música brasileira e roda de samba, às sextas e sábados, no Cantinho da Estrela.

Já consolidado como mais novo palco do choro e samba de São Luís, o Restaurante Cantinho da Estrela volta a abrir suas portas aos mais brasileiros dos gêneros musicais. A festa começa às 19h30min, às sextas-feiras, sob a batuta de Chico Nô e dos bambas do Regional Feitiço da Ilha, formado, além dele (voz, violão e percussão), por Juca do Cavaco, Domingos Santos (violão sete cordas) e Vandico (percussão). O restaurante fica na Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio.

A cada sexta, Chico Nô e o Feitiço da Ilha têm prestado tributo a um ou dois mestres da música brasileira. E contado com a participação especial de ao menos um nome da cena ludovicense. Nesta sexta, o homenageado será Paulinho da Viola e o convidado será Oberdan Oliveira.

“Há vários nomes a que ainda prestaremos tributo. Paulinho da Viola é dono de uma obra vastíssima, bastante diversificada e, no entanto, é por vezes reconhecido como um compositor menor, se comparado a outros figurões da MPB, talvez justamente por ser diretamente identificado como sambista”, diz Chico Nô. “Nossa ideia, ao homenageá-lo, é justamente tentar desmitificar isso”, conclui.

As apresentações de Chico Nô e Regional Feitiço da Ilha, às sextas-feiras, no Cantinho da Estrela, são divididas em duas partes: na primeira, instrumental, os músicos passeiam por clássicos do choro; na segunda, Chico Nô canta clássicos do samba e da música popular brasileira, recebendo um convidado especial.

Sábados – Aos sábados, com o grupo Conversa de Botequim, é a vez do cantor e compositor comandar animada Roda de Samba regada a feijoada. “O restaurante funciona normalmente, servindo tudo o que está disponível em nosso cardápio”, explica Dadá, proprietária do espaço. O “samba com feijão” tem início às 17h, sob a sombra das árvores da Praça Valdelino Cécio, localizada em frente ao Restaurante Cantinho da Estrela. Tanto sexta quanto sábado, o couvert artístico custa apenas R$ 5,00.

SERVIÇO

Sexta-feira, 20
O quê: Chorinho no Cantinho
Quem: o cantor e compositor Chico Nô e o Regional Feitiço da Ilha e convidados.
Quando: dia 20 de novembro (sexta-feira), às 19h30min.
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quanto: R$ 5,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: pelos telefones (98) 8814-1407 e/ou 8724-2940.

Sábado, 21
O quê: Samba com Feijão
Quem: o cantor e compositor Chico Nô e o grupo Conversa de Botequim.
Quando: dia 21 de novembro (sábado), às 17h.
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quanto: R$ 5,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: pelos telefones (98) 8814-1407 e/ou 8724-2940.

Pixinguinha, Mestre Vieira e o Feitiço da Ilha

11 novembro 2009

Grupo liderado por Chico Nô homenageará os mestres.

Pixinguinha e Mestre Antonio Vieira receberão homenagens do cantor e compositor Chico Nô e do Regional Feitiço da Ilha nesta sexta-feira, 13, a partir das 19h30min, no Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).

Chico Nô celebrará Pixinguinha e Mestre Vieira, sexta

Alfredo da Rocha Viana, o Pixinguinha, terá músicas tocadas tanto na parte instrumental da noite, quanto na parte cantada. “Pixinguinha é um dos maiores mestres do choro e da música brasileira como um todo. Tem muitas peças instrumentais bastante conhecidas e populares, mas também muitos compositores puseram letras em suas belíssimas melodias”, adiantou Chico Nô (foto), citando, entre outras, Lamentos, Rosa, Carinhoso e Iaô, entre outras que estarão no repertório de sexta-feira.

Formado pelo próprio Chico Nô (voz, violão e percussão), Juca do Cavaco, Domingos Santos (violão sete cordas) e Vandico (percussão), o Regional Feitiço da Ilha terá como convidado o cantor Neto Pepperi, um dos grandes sambistas maranhenses, formado na escola da noite, sempre prestigiando grandes mestres, como o homenageado Antonio Vieira, falecido em abril aos 88 anos, Cesar Teixeira e Josias Sobrinho, entre outros.

Já tendo feito homenagens a Noel Rosa e Cartola, as noites de sexta-feira no Cantinho da Estrela já se tornaram o novo point da Praia Grande para os apreciadores de boa música. Eis uma boa pedida. O couvert artístico individual custa apenas R$ 5,00.

Sábado – Também integrado por Chico Nô, o grupo Conversa de Botequim realiza, aos sábados, a partir de meio-dia, uma roda de samba regada a feijoada. No mesmo endereço. Neste sábado, 14, o grupo ocupará a praça Valdelino Cécio, em frente ao Restaurante Cantinho da Estrela. “Com o fechamento da Padaria do Francês, esse importante cartão postal, que tem o nome de um importante poeta, está abandonada, escura, maltratada. Nosso samba-ocupação é uma tentativa de reanimá-la e para isso a gente conta com a presença dos amigos e dos apreciadores de boa música”, explicou Chico Nô, fazendo um chamamento ao público.

SERVIÇO SEXTA 13

O quê: Homenagem a Pixinguinha e Mestre Vieira.
Quem: o cantor Chico Nô e o Regional Feitiço da Ilha.
Quando: dia 13 de novembro (sexta-feira), às 19h30min.
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quanto: R$ 5,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: pelos telefones (98) 8814-1407, 8724-2940.

SERVIÇO SÁBADO 14

O quê: Roda de Samba com Feijoada.
Quem: o cantor Chico Nô e o grupo Conversa de Botequim.
Quando: dia 14 de novembro (sábado), ao meio-dia.
Onde: Restaurante Cantinho da Estrela (Rua do Giz, 175, Praia Grande, em frente à Praça Valdelino Cécio).
Quanto: R$ 5,00 (couvert artístico individual).
Maiores informações: pelos telefones (98) 8814-1407, 8724-2940.