Fórum do Baixo Parnaíba entrega amanhã Plataforma Política a candidatos

Solenidade acontece às 15h em Buriti de Inácia Vaz

Acontece amanhã, no Centro de Apoio Pedagógico Bernardete Cunha (Av. Coronel Lago Jr., s/nº., Centro), em Buriti de Inácia Vaz, o lançamento da Plataforma Política “Políticas Públicas com Direitos Humanos para o Baixo Parnaíba Maranhense”, documento elaborado pelas entidades signatárias do Fórum em Defesa da Vida do Baixo Parnaíba Maranhense.

Na ocasião serão entregues a todos os candidatos e/ou representantes ao governo do Maranhão as reivindicações contidas no documento, dividido nos seguintes eixos temáticos: meio ambiente, saúde, educação, cultura, assistência social, reforma agrária, política agrícola, infraestrutura, segurança pública e direitos humanos.

O documento é fruto de vários anos de mobilização social e luta por direitos na região. Na solenidade, com a entrega da Plataforma aos candidatos, o Fórum do Baixo Parnaíba buscará o compromisso dos candidatos com a assinatura de um termo de compromisso. Após as eleições a intenção é a realização de reuniões periódicas para a efetivação das políticas públicas, com referência na Plataforma Política.

O Fórum em Defesa da Vida do Baixo Parnaíba Maranhense tem 21 municípios como área de atuação: Afonso Cunha, Água Doce, Anapurus, Araioses, Barreirinhas, Belágua, Brejo, Buriti de Inácia Vaz, Chapadinha, Coelho Neto, Duque Bacelar, Magalhães de Almeida, Mata Roma, Milagres, Paulino Neves, Santa Quitéria, Santana, São Benedito do Rio Preto, São Bernardo, Tutóia e Urbano Santos.

Contatos para entrevistas: (98) 8807-7635, 3468-1142, 3231-1601, 3231-1897.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “Fórum do Baixo Parnaíba entrega amanhã Plataforma Política a candidatos”

  1. JOSE ANTONIO BASTO Says:

    Olá pessoal! Eu também fiz parte da construção desse projeto em todos os sistemas de politicas públicas, nos movimentos em defesa da vida e dos direitos humanos, movimento negro com o CCN, nos encontros de comunidades em defesa do Baixo Parnaiba desde 2001. Fico Satisfeito com o lançamento tão importante para o desenvolvimento em termos de politicas publicas em nossa tão sofredora região que a maioria das terras está sob o comando de forasteiros gaúchos e outros grandes empresários. Eu era pra ser a pessoa pra defender Urbano Santos, São Benedito e Belágua amanhão no encontro com os candidatos à governo do Maranhão, li a PLATAFORMA e elaborei meu discuso, como não dar pra eu viajar amanhão passei pra Lucia Torres e ela levará consigo nossas vozes.

  2. Vilson Ambrozi Says:

    Caro José. Pertenço ao grupo que classificaste como forasteiros.Sim Tivemos a sorte de não nascermos aqui,pois por algum motivo e voce sabe melhor que eu ,se aqui tivesse nascido poderia estar fazendo parte neste coro a qual voce está ,reclamando e clamando aos eternos exploradores do povo maranhense por dias melhores.Quero te dizer ,que amamos esta terra quanto você,que amamos seu povo sofrido,quanto vc,e que odiamos os que exploram seu povo,cobrando impostos desde muito tempo e deixando a grande maioria de pires na mão, na miseria a ponto de vender seu voto em época de eleição.Viemos de um pedaço do Brasil que a muito tempo se revoltou com isso e derramou seu sangue,por isso comemoramos no dia 20 de setembro o dia da revolução farroupilha,foi quando demos um basta na exploração que os portugueses nos impunham.Por aqui pelo que constatamos o povo continua a ser dominado pelos mesmos métodos que a mais de 100 anos foi banido em nosso estado de origem.Portanto temos muito a doar a seus pares não somos seus algoses ,simplesmente sabemos trabalhar a terra, terra que não lhe s ensinaram a dar o valor que realmente tem,Terra não é só para ser cantada em versos e prosa ou para colocar nossas entes queridos.É para cultivá-la ,melhorar sua capacidade de produzir alimentos,para quem planta e para quem resolveu abandona-la e ir para as cidades.Hoje 70 % da população mora nas cidades e a obrigação das terras e de seus ocupantes não é só produzir para seu sustento e sim para o de todos.Portanto se produzir alimentos ,para si e tambem para outros,procure-nos ,nos estamos prontos a integrar em sua luta colaborando com todo o nosso conhecimento,e se voce acha que os forasteiros estão se dando bem ,então voces tambem poderão se dar bem,pois nosso proposito é o de permanecer por aqui,convivendo integrando-se a sociedade ,nossos filhos estão se unindo com vossos filhos ,nossos netos são e serão vossos netos seremos uma só familia de maranhenses e gaúchos acima de tudo de BRASILEIROS .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: