Archive for 26 de novembro de 2009

Samba, choro e bossa encerram a I Semana de Audiovisual da UFMA

26 novembro 2009

Trocando em Miúdos e Jéssica Wernz, revelações da música popular maranhense, são as atrações.
 
O grupo Trocando em Miúdos se apresenta nesta sexta-feira (27), às 18h, na Área de Vivência, Campus do Bacanga, no encerramento da I Semana de Audiovisual da UFMA.

A apresentação terá ainda a participação especial da cantora Jéssica Wernz, que com seu talento e carisma, promete ser a voz revelação da música maranhense.

Trocando em Miúdos é um grupo composto por jovens e talentosos músicos de São Luis.  Jonatan Cardoso (violão), Victhor Gabriel (violão), Ivis Marcelo (cavaquinho), Paulo Vinicius (flauta), Anderson Almeida (percussão) e Imaíra Madeiros (voz) interpretam grandes nomes da música brasileira como Chico Buarque, Noel Rosa, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Toquinho, Paulinho da Viola e Cesar Teixeira.

No repertório, clássicos como Maninha (Chico Buarque), Falsa Baiana (Geraldo Pereira), Conversa de Botequim (Noel Rosa), Chega de Saudade (Vinicius de Moraes e Tom Jobim) e Para ver as meninas (Paulinho da Viola), entre outros.

Jonatan Cardoso e Jéssica Wernz são integrantes do Cineclube Casarão Universitário, organizador da I Semana de Audiovisual da UFMA. O show marcará o encerramento do evento que acontece desde segunda-feira (23) promovendo amplo debate sobre linguagens audiovisuais no Maranhão.

SERVIÇO

O quê: Encerramento da I Semana de Audiovisual da UFMA com show do grupo ‘Trocando em Miúdos’ e Jéssica Wernz.
Quando: Sexta-Feira (27), às 18h.
Onde: Área de Vivência, Campus do Bacanga- UFMA.
Quanto: grátis.
Informações: http://www.casaraouniversitario.blogspot.com

Assessoria de comunicação: Raíla Maciel

Clube do Choro Recebe: fechado para balanço

26 novembro 2009

Projeto não terá edições nos dois próximos sábados (28 de novembro e 5 de dezembro).
 
A ginga das velha e jovem guardas do choro maranhense têm garantido o balanço ideal ao projeto Clube do Choro Recebe, que sábado após sábado integra o calendário musicultural da cena ludovicense desde setembro de 2007. Um grandioso feito, sem dúvidas, para quem conhece a efemeridade do modismo dos “points” de São Luís. “Não se pode negar que o Clube do Choro Recebe é um projeto vitorioso. Eu poderia citar inúmeros aspectos, do pura e simplesmente cultural, o que não é pouco, ao econômico, mas vou ficar apenas em sua longevidade, algo raro para os padrões estabelecidos por aqui”, afirma Ricarte Almeida Santos, seu produtor e apresentador.

Atualmente sediado na Pousada Portas da Amazônia/ La Pizzeria (Rua do Giz, 129, Praia Grande), o projeto não terá edições nos dois próximos sábados (28 de novembro e 5 de dezembro). “A mudança de endereço causou reações as mais diversas: uns adoraram o novo espaço, outros reclamam. Somos cientes de que é impossível agradar a todos e avaliações periódicas de projetos como o Clube do Choro Recebe são necessárias, até para garantir sua sustentabilidade e muito mais sábados à frente”, explicou o produtor do projeto, sediado, até o início de outubro passado, no Restaurante Chico Canhoto (Residencial São Domingos, Cohama).

A direção do Clube do Choro do Maranhão demonstra-se satisfeita com o público, que se mantém fiel, e com a receptividade e cumplicidade da casa, novo palco do projeto, que tem localização privilegiada, integrada ao acervo arquitetônico que garante à capital maranhense o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Em breve o Clube do Choro do Maranhão divulgará os nomes da formação instrumental anfitriã e do/a convidado/a do show de retorno do projeto, que acontecerá dia 12 de dezembro.

Conferência Nacional de Cultura em discussão na Feira do Livro de São Luís

26 novembro 2009

Coordenador Executivo da II Conferência Nacional de Cultura, Joãozinho Ribeiro concede entrevista coletiva na III Feira do Livro de São Luís

O poeta Joãozinho Ribeiro, Coordenador Executivo da II Conferência Nacional de Cultura (II CNC), concederá entrevista coletiva dia 27 de novembro, às 9h, no auditório “Casa do Escritor”, na III Feira do Livro de São Luis, na praça Maria Aragão.
 
Joãozinho Ribeiro falará sobre as expectativas e apresentará dados numéricos e objetivos da II CNC. As etapas municipais, já realizadas, atingiram um patamar muito além da expectativa: mais de 2.600 municípios brasileiros participaram do processo, discutindo estratégias para a implantação de políticas públicas de cultura nos três níveis federativos e elegeram seus delegados para participarem das etapas estaduais – a do Maranhão acontecerá dias 2, 3 e 4 de dezembro, no Centro de Convenções Governador Pedro Neiva de Santana.
 
O Maranhão deve atingir o patamar de 100 municípios com conferências realizadas (os dados ainda não estão consolidados), o que significa um bom crescimento em relação à primeira edição, de 2005, quando somente 36 realizaram as etapas municipais.
 
Segundo  informações do Ministério da Cultura, e de consultores que participaram do processo nos municípios maranhenses, “as conferências municipais foram bastante concorridas, com uma participação intensa de gestores, artistas e produtores culturais, o que indica que teremos a II Conferência Estadual de Cultura bastante qualificada”.
Joãozinho Ribeiro abordará todo o processo da II CNC, e das conferências setoriais, que elegerá os novos representantes para o Conselho Nacional de Políticas Culturais.
 
A coletiva é aberta para jornalistas, blogueiros, radialistas, midialivristas, agentes, produtores, gestores culturais, artistas e demais interessados.
 
SERVIÇO
 
O quê: Entrevista Coletiva sobre a II Conferência Nacional de Cultura.
Quem: Joãozinho Ribeiro, coordenador executivo da II CNC.
Quando: dia 27 (sexta-feira), às 9h, no salão Casa do Escritor, na III Feira do Livro de São Luís (Praça Maria Aragão).